Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/07/13 às 19h01 - Atualizado em 3/01/19 às 11h50

5ª Conferência Distrital das Cidades – Regimento e cronograma são aprovados pela Comissão Preparatória

COMPARTILHAR

O Governo do Distrito Federal, por meio da Sedhab, já iniciou a mobilização popular para a quinta Conferência Distrital das Cidades, que terá como lema “Quem faz a cidade somos nós”. Nesta terça-feira (02), a Comissão Preparatória se reuniu pela primeira vez. Ela é formada  por representantes do governo e sociedade civil organizada, que aprovaram o regimento e o cronograma da conferência.

O Secretário de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano, Geraldo Magela, destacou a importância das entidades da sociedade civil se articularem entre si e com outros agentes políticos para participar do evento.  “Nós precisamos que as entidades se representem, não apenas as que lutam por moradia, mas também as que lutam por uma cidade melhor”, destacou o secretário.

A quinta Conferência Distrital das Cidades antecede a 5ª Conferência Nacional das Cidades, que tem como objetivo fortalecer e estimular a participação social e contribuir para o avanço das políticas públicas de desenvolvimento urbano, incluindo moradia digna, saneamento, mobilidade e planejamento urbano, de forma inclusiva e sustentável.

“Desta Conferência, podemos extrair valiosas contribuições da sociedade para que o governo ajude a melhorar a vida da nossa população em cada cidade do Distrito Federal”, finalizou Magela. O Secretário destacou ainda que o momento de ebulição social que o país vive talvez seja a ocasião mais oportuna para realizar a Conferência.

Saiba mais – A 5ª Conferência Distrital das Cidades será divida em três fases.  Para atender as necessidades de cada região, haverá primeiro as etapas locais nas 31 cidades do DF Elas ocorrerão em agosto e setembro.

A segunda fase envolve a Conferência Distrital, marcada para os dias 27, 28 e 29 de setembro, quando serão elaborados os relatórios finais com discussões, sugestões e 30 propostas de teor nacional, além das propostas do DF para apresentação na quinta Conferência Nacional.

A terceira e última fase será a Conferência Nacional, de 20 a 24 de novembro. Ela direcionará a formulação e a execução da Política Nacional de Desenvolvimento Urbano ao longo dos próximos anos.