Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/11/14 às 18h24 - Atualizado em 3/01/19 às 15h29

Beneficiários do Paranoá Parque conhecem endereços de futuras moradias em sorteio

Os 928 futuros moradores do Paranoá Parque, pelo Programa Minha Casa, Minha Vida/Morar Bem, participaram, nesta sexta-feira (21), do sorteio das unidades habitacionais, quando conheceram os endereços onde vão residir na localidade. O sorteio foi realizado pela Caixa Econômica Federal, agente financeiro do empreendimento. A ação fez parte de uma série de atividades organizadas pela Secretaria de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano (Sedhab) e pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional (Codhab) que antecedem a entrega dos apartamentos, marcada para o dia 13 de dezembro.

O sorteio foi dividido em três grupos: pessoas especiais, idosos e demais. Os endereços das pessoas com deficiência foram os primeiros sorteados. Entre os 49 nomes da lista está Maria Helena de Castro. Ela esperava pela moradia há 36 anos. Acompanhada de sua amiga, Nilza Soares, com quem morou durante 18 anos, Dona Maria agora comemora a moradia própria. “Moro na casa da minha amiga, mas agora vou morar com uma irmã e dois sobrinhos. É muita felicidade”, declarou a beneficiária.

Após o sorteio, ocorreu a eleição da Comissão de Acompanhamento de Projeto (CAP), responsável por acompanhar a execução do Projeto de Trabalho Social (PTS), prevista nas regras do Programa Minha Casa, Minha Vida/Morar Bem.

As ações desenvolvidas pelo PTS envolvem campanhas, cursos e seminários com a população para tratar de questões como mobilização e participação comunitária. Também ocorrem ações de saúde, meio ambiente e desenvolvimento econômico. O trabalho social oferece, ainda, assessoria de gestão condominial aos moradores.
Vale lembrar que as famílias beneficiadas seguem, rigorosamente, aos critérios que determinam a posição do candidato na lista do programa habitacional, como o tempo que reside no DF, o número de dependentes, o número de idosos ou deficientes na família e a renda familiar. Além disso, os contemplados já passaram pela análise do Agente Financeiro, a Caixa Econômica Federal.