Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/11/20 às 17h12 - Atualizado em 26/11/20 às 8h03

Começam os estudos para a revitalização do Conjunto Fazendinha na Vila Planalto

Grupo Executivo que definirá as ações tem até 120 dias para apresentar propostas

 

Moradores da Vila Planalto estão mais próximos de ver uma antiga demanda virar realidade: a revitalização do Conjunto Fazendinha, composto de cinco casarões de madeira que serviram para moradia de engenheiros que trabalharam na construção de Brasília. Foi publicado no DODF, desta terça-feira (24), a criação do Grupo Executivo encarregado de definir as ações que serão realizadas.

 

A coordenação dos trabalhos será da Secretaria de Estado de Governo (Segov) e farão parte do grupo os titulares dos seguintes órgãos: Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh); Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec ); Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e a Administração Regional do Plano Piloto.

 

De acordo com o decreto nº 41.510 o prazo para conclusão dos trabalhos é de 60 dias, a contar da data da publicação, prorrogáveis por igual período,. Ao final, além das ações que devem ser implementadas, deverá apresentado também o termo de referência para contratação do projeto de revitalização do Conjunto Fazendinha.

 

A opção por uma ação integrada foi decidida , em setembro, após uma visita técnica de órgãos do GDF que constataram o degaste das casas pela ausência de conservação ao longo do tempo.

 

Além da revitalização do Conjunto Fazendinha, o GDF está implementando a Rota Cultural e Turística da Vila Planalto. Ela terá início e fim nos arredores da tradicional Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Pompéia, um marco cultural e arquitetônico, fundado em 2 de abril de 1959.

 

O trajeto engloba ruas compartilhadas, com mais espaço e vez para pedestres, sinalização dos pontos turísticos, drenagem, preservação do conjunto tombado pelo patrimônio histórico, adequação de obras desconformes e edificações irregulares, qualificação dos espaços urbanos e desenvolvimento social e turístico.

 

O projeto, elaborado pela SEDUH, já passou por audiência pública e aguarda anuência do IPHAN por se tratar de área de preservação.

 

Acompanhe a Seduh nas redes sociais
@SeduhDF
@SeduhDF
@SeduhDF
seduhdf.comunicacao@gmail.com