Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/07/13 às 18h01 - Atualizado em 3/01/19 às 11h48

CONPLAN – Casa de Cultura de Planaltina é aprovada por conselheiros

COMPARTILHAR

A comunidade de Planaltina está próxima de conquistar uma antiga reivindicação. Nesta quinta-feira (11), o Conselho de Planejamento Territorial e Urbano do Distrito Federal (Conplan) aprovou, por unanimidade, o projeto da Casa de Cultura de Planaltina que, há 15 anos, é desejada pelos moradores.

O secretário de Habitação e presidente do Conselho, Geraldo Magela, falou sobre a importância do equipamento público para a região. “Planaltina vive cultura, seja popular, regional ou nacional. É muito justo construir na cidade a Casa de Cultura. Faremos total esforço para dar agilidade ao processo”, destacou Magela. Ele disse ainda que “em todos os projetos habitacionais exigimos que exista, pelo menos, um equipamento público comunitário destinado às atividades culturais”.

Após a aprovação pelo Conplan, será promovida audiência pública para discutir o Projeto de Lei Complementar (PLC) que prevê a modificação do parâmetro urbanístico do projeto. Concluída essa fase, o PLC será encaminhado à Câmara Legislativa para apreciação.

A Casa de Cultura de Planaltina será erguida entre a Administração Regional e o Ministério Público.

Outra aprovação – Na reunião do Conplan, também foi discutido o projeto arquitetônico de um centro esportivo e cultural, no Setor de Clubes Esportivos Sul, próximo à Ponte JK, de interesse do SESC-DF.

O relator do processo e diretor técnico e de fiscalização da Terracap, Jorge Guilherme Francisconi, aceitou as ressalvas dos conselheiros quanto à aprovação do projeto que ficou condicionada à apresentação e aprovação do Relatório de Impacto de Trânsito – (RIT), para a emissão do alvará de construção.

O projeto prevê na parte cultural teatros, anfiteatro, cinemas, salas para oficinas, biblioteca, salas de tecnologia e internet, centros de formação musical elementar, auditórios para workshop e treinamento, sala de exposição de arte, cafeterias, salão de festa e restaurante.

Já na parte esportiva, está prevista a construção de academia completa, piscina semiolímpica, ginásio poliesportivo, quadras de squash, salão para jogos, brinquedoteca, salas de turismo social, além de lanchonetes.