Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/11/13 às 12h35 - Atualizado em 3/01/19 às 14h48

Magela: Minha Casa, Minha Vida é um avanço na qualidade de vida da população

O secretário de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano, Geraldo Magela considera a 5ª Conferência Nacional das Cidades uma avanço para a formulação de políticas públicas voltadas para as famílias. O evento foi aberto nesta quarta-feira (20), no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. “Quando há política de habitação, de saneamento e de desenvolvimento urbano para todo o país, está se pensando nas cidades”, comentou o secretário.

A 5ª Conferência Nacional das Cidades recebe propostas formuladas pela população nas conferências locais, que ocorreram em todos os estados do país. No Distrito Federal, todas as cidades tiveram suas conferências locais, cujas propostas foram levadas à Conferência Distrital das Cidades, em setembro. Todas foram promovidas pelo GDF por meio da Sedhab. Entre todas as propostas, foram escolhidas 45, sendo 30 para o Distrito Federal e 15 para o país. Regularização fundiária, habitação e mobilidade urbana foram os temas que mais receberam propostas.

Na abertura da Conferência Nacional, a presidenta Dilma Rousseff defendeu o programa Minha Casa, Minha Vida e ressaltou que o Estado tem a obrigação de dar condições à população de ter acesso à casa própria. “Não é uma questão de esmola, não é uma questão de dádiva, não é um presente. É uma obrigação da parte do Estado e é um direito da cidadã e do cidadão, da parte da população. Essa é a diferença fundamental desse programa” disse a presidenta.

Geraldo Magela considera o programa um sucesso não só pelo que faz pelas famílias, parte delas de baixa renda, mas também pela mudança na qualidade de vida dessas pessoas. “Se a presidenta Dilma trata o Minha Casa, Minha Vida como um filho, eu faço questão de tratá-lo como um sobrinho, porque, efetivamente, é um programa que orgulha todos nós”, concluiu o secretário.