Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/06/14 às 12h16 - Atualizado em 3/01/19 às 15h33

Minha Casa, Minha Vida / Morar Bem: GDF entrega mais de 400 apartamentos no Riacho Fundo

COMPARTILHAR

 

O Governo do Distrito Federal entregou neste domingo, 8, as chaves de 432 apartamentos do Residencial Parque do Riacho, um dos empreendimentos do Programa Minha Casa, Minha Vida / Morar Bem. Agora já são 820 apartamentos de 2 e 3 quartos entregues no Parque do Riacho. Quando estiver pronto, o Residencial terá 42 prédios, onde vão morar quase seis mil famílias que ganham entre R$ 1,6 mil e R$ 3,2 mil. A previsão da construtora JC Gontijo é que as obras acabem em 2015.

As chaves foram entregues pelo governador Agnelo Queiroz. A secretária de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano, Jane Diehl participou da entrega. Agnelo mais uma vez lembrou que quando assumiu o governo, o Distrito Federal sequer participava do programa habitacional do governo federal, e hoje é a unidade da Federação que mais constrói moradias de interesse social (O Minha Casa, Minha Vida / Morar Bem vai construir 100 mil unidades no DF). Agnelo destacou a qualidade de vida que os empreendimentos oferecem aos moradores, e pediu a eles que não cedam à pressão da especulação imobiliária e não vendam seus apartamentos. Pelas regras do programa, quem vender ou alugar o apartamento antes de dez anos não apenas perde a moradia como será impedido de participar novamente do Minha Casa, Minha Vida/ Morar Bem.

A entrega das chaves é o sonho realizado para gente como Júlia Santos Souza, que tem dois filhos com deficiência mental e há 40 anos tentava comprar casa própria, o que só foi possível com a política habitacional do país e do DF. “Que as pessoas valorizem isso que está sendo entregue hoje, pois isso aqui é patrimônio nosso”, disse ela, fazendo um apelo aos novos vizinhos.

Os apartamentos de 2 quartos, que são a grande maioria no Parque do Riacho, medem 46m e custam R$ 75 mil. O preço dos de 3 quartos é R$ 85 mil e eles medem 58 m. A prestação média é de R$ 450.