Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/02/14 às 18h18 - Atualizado em 3/01/19 às 15h13

Moradores do Parque do Riacho elegem primeiro síndico, subsíndico e conselheiros

COMPARTILHAR

Os futuros moradores do condomínio 7 do Residencial Parque do Riacho, empreendimento do programa Minha Casa, Minha Vida / Morar Bem, já preparam a mudança. Mas enquanto esse dia não chega, eles tratam de organizar a vida em comunidade. Foi isso que aproximadamente 100 dos futuros moradores do lugar fizeram na noite desta quarta-feira, 12, ao escolherem o primeiro síndico, subsíndico e o conselho consultivo do condomínio.

A reunião aconteceu no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Os técnicos da construtora explicaram o papel que cada uma dos eleitos terá na vida do condomínio.
O novo síndico eleito foi Adeilson Lima, que disse contar com o apoio de todos os futuros vizinhos e definiu sua função. “É tentar administrar, manter o projeto original e garantir segurança e sossego para toda a comunidade”, declarou.

O subsíndico eleito foi Amilton Magalhães. Disposto a ajudar o síndico a cuidar do local e ele acredita na união dos moradores. “Lá vai ser uma comunidade boa e todo mundo precisa se ajudar”, ressalta.

Uma das três conselheiras eleitas, Daiane de Queiroz, acredita que terá muito trabalho pela frente, principalmente na tarefa de fiscalizar a entrega dos apartamentos. “É preciso vistoriar os prédios e confirmar se estão com todos os equipamentos, como lixeiras e tapetes”, disse.

Durante a primeira reunião dos futuros condôminos, foram aprovados também diversos pontos, como o processo de vistoria pelo síndico da área externa do condomínio, o agendamento do horário e dia para a mudança dos futuros moradores, a previsão orçamentária, a receita do condomínio e os horários para a reforma dos apartamentos.

O Residencial Parque do Riacho faz parte do Programa Minha casa, Minha Vida / Morar Bem, parceria entre o Governo Federal e o GDF. São 369 prédios de quatro andares distribuídos em 42 lotes,  cada um deles formando um condomínio.

Os apartamentos são de dois e três quartos e são destinados a quem ganha entre R$ 1,6 a R$ 3,2 mil. O Parque do Riacho receberá um total de 5.904 famílias inscritas no Minha Casa, Minha Vida / Morar bem. O valor do empreendimento é de R$ 455,5 mi. As obras devem estar prontas no início de 2016.