Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/08/13 às 21h01 - Atualizado em 3/01/19 às 14h32

MORAR BEM: programa chega a mais três cidades do DF

COMPARTILHAR

O Programa Minha Casa, Minha Vida / Morar Bem avança na direção da meta estipulada pela política habitacional do GDF: contratar a construção de 100 mil moradias até 2014. Para isso, três editais foram lançados pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional, Codhab, com o objetivo de escolher a empresa que vai construir quase 7,5 mil unidades habitacionais em Planaltina, Recanto das Emas (quadras 117 e 118) e na terceira etapa do Riacho Fundo dois.

O resultado da disputa será conhecido em 45 dias. Pela lei, as empresas que participarem têm mais 20 dias para entrar com recursos contra o resultado, caso se sintam prejudicadas. A expectativa do GDF é que as obras sejam lançadas e comecem ainda este ano.

A maior parte das moradias fica em Planaltina: serão 4.608 unidades habitacionais, que custarão pouco mais de R$ 375 milhões. Na terceira etapa do Riacho Fundo 2 serão construídas 1.880 por R$ 155 milhões. O empreendimento no Recanto das Emas terá 950 moradias e custará R$ 80 milhões. Os recursos virão do Governo Federal por meio do Programa Minha Casa, Minha Vida.

Em 80% dos casos, as moradias atenderão famílias com renda mensal de até R$ 1,6 mil. O restante será destinado a quem recebe, por mês, de R$ 1.601 mil a R$ 3.275 mil.