Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/04/13 às 18h01 - Atualizado em 3/01/19 às 11h44

PLANALTINA – Restauração da Igreja de São Sebastião, a mais antiga do DF

COMPARTILHAR

Erguida no ano de 1.890 pelos escravos, a Igreja de São Sebastião situada no Setor Tradicional de Planaltina está sendo restaurada. Os recursos financeiros para a execução da reforma são do Fundurb – Fundo de Desenvolvimento Urbano do Distrito Federal, coordenado pela Sedhab.

Foram destinados mais de 500 mil reais para a reforma. A Igreja de São Sebastião é a mais antiga do Distrito Federal. Devido ao seu caráter histórico, a paróquia foi tombada pelo governo passando a integrar o patrimônio histórico e artístico do Distrito Federal, conforme o Decreto nº 6.940, de 19 de agosto de 1982.

As paredes de tijolos de barro estão sendo recuperadas com terra vermelha, areia lavada e cal para evitar a penetração de cupim. O piso está sendo nivelado, receberá uma camada de concreto para depois ser aplicada a cobertura de madeira.

A estrutura do telhado será reforçada e o forro trocado. As telhas serão revitalizadas. A área externa da igreja vai ganhar uma caneleta para que a água da chuva escorra sem danificar o piso. As portas e as janelas de madeira também estão sendo restauradas. Os pilares do altar estão sendo reforçadas com barras de ferro.

A empresa vencedora da licitação está cumprindo o cronograma estabelecido. O prazo de entrega está previsto para maio deste ano.

FUNDURB — É um fundo de natureza contábil, vinculado à Secretaria de Estado Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano – Sedhab, cuja finalidade é captar e destinar recursos para viabilizar programas e projetos voltados para o desenvolvimento urbano e institucional no DF e para preservação do patrimônio existente na área de tombamento de Brasília.

PLANALTINA – A data oficial da fundação de Planaltina é 19 de agosto de 1859. Alguns historiadores relatam que a cidade tem mais de 200 anos. O primeiro nome da cidade foi Distrito de Mestre D’armas e integrava o munícipio de Formosa – GO. A cidade passou a integrar o Distrito Federal em 1960. Sua área é de 1.534,69 km e sua população atual é de 230.000 habitantes.

A cidade possui grande riqueza cultural e histórica. O Museu Histórico e Artístico de Planaltina guarda os registros de uma população que com muito trabalho ajudaram a construir a capital do País.

Planaltina desfruta de belezas naturais como parques, rios e cachoeiras. Tem também o Vale do Amanhecer, uma das maiores comunidades exotérica do Brasil, e o Morro da Capelinha, local onde ocorre a maior encenação da Paixão de Cristo a céu aberto no DF.