Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
23/06/22 às 11h14 - Atualizado em 1/07/22 às 11h32

População aprova regularização de áreas em Ceilândia

 

Lotes pertencem a Terracap, Administração Regional e Secretaria de Educação

 

LEANDRO CIPRIANO

 

Os moradores de Ceilândia aprovaram as propostas da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) para ampliar e regularizar cinco lotes na região administrativa e ajustar a quadra QNN 11. As iniciativas foram apresentadas à população na noite desta quarta-feira (22), durante audiência pública virtual, e foram comemoradas por professores e representantes da sociedade civil que participaram da reunião.

 

Audiência foi promovida de forma virtual

Um dos pontos em debate foi uma solicitação da Secretaria de Educação para ampliar três lotes. Dois deles são dos Centros de Ensino Médio 12 e 10, localizados no Setor P Norte, na QNP 13 e QNP 30, respectivamente. O terceiro é o lote da QNP 26, destinado a abrigar um futuro Jardim de Infância, mas que atualmente possui um campo de grama sintética.

 

“Agradeço a Seduh por esse trabalho de regularização das escolas, que com certeza vai ajudar muito a melhorar os espaços para os alunos. A demanda da comunidade sempre está crescendo, então é muito importante que elas sejam ampliadas”, elogiou a professora Samara Cunha.

 

Já a “Rede Urbana de Ações Socioculturais” (RUAS), associação sem fins lucrativos, solicitou a regularização de dois lotes da Administração Regional de Ceilândia onde ficam as edificações usadas pela associação há anos no programa Jovem de Expressão – iniciativa que promove a saúde de jovens com ações de terapia comunitária e prevenção à violência. São dois blocos localizados na EQNM 18/20, junto à Praça do Cidadão.

 

“Queria reforçar o agradecimento pela atenção à demanda de regularização do Jovem de Expressão. Está sendo fundamental para nós esse apoio”, comemorou Rayane Soares, representante do Jovem de Expressão.

 

Centro de Ensino Médio 12 é um dos locais beneficiados

Por fim, a Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) solicitou à Seduh um ajuste no parcelamento localizado na QNN 11, no Setor N Norte, onde está sendo implantado um projeto urbanístico. A empresa pública propõe a reconfiguração de alguns lotes que possuem interferências com o sistema viário, que foi alterado depois da execução da linha do Metrô, de modo a regularizar as vias existentes, além de garantir a abertura de novas vias.

 

Além disso, a QNN 11 de Ceilândia é indicada como objeto de projeto urbanístico especial, definido no artigo 102 do Plano Diretor Local (PDL) de Ceilândia, que contém diretrizes para a requalificação da área.

 

“Agradecemos a todos que participaram dessa reunião. Promover a regularização desses lotes é mais uma vitória para a comunidade”, ressaltou a secretária executiva de Gestão e Planejamento do Território, Janaína Vieira

 

Próximos passos

 

Depois da audiência, as propostas ainda precisam passar pelo aval do Conselho de Planejamento Territorial e Urbano do Distrito Federal (Conplan).

 

Em seguida, as alterações nos lotes em Ceilândia serão incluídas em um futuro Projeto de Lei Complementar (PLC) elaborado pela Seduh, que reúne outras áreas de equipamentos públicos em várias regiões administrativas do DF que estão pendentes de regularização.

 

O PLC será encaminhado para análise da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF). Depois disso, o texto deverá ser sancionado pelo governador do DF.

 

Acompanhe a Seduh nas redes sociais
@SeduhDF
@SeduhDF
@SeduhDF
seduhdf.comunicacao@gmail.com