Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/05/13 às 18h42 - Atualizado em 3/01/19 às 11h42

REGULARIZOU, É SEU! — Sol Nascente tem mais 33 habilitados para reassentamento

O Diário Oficial do Distrito Federal, por meio da Sedhab e Codhab, divulgou nesta sexta-feira (03/05), o edital nº 48/2013, com a relação de 33 nomes habilitados para o reassentamento no Projeto Integrado do Setor Habitacional Sol Nascente, em Ceilândia. Participam da ação famílias que vivem em áreas de risco, bacias de drenagem e locais onde serão construídos equipamentos públicos para educação, saúde, entre outros. Hoje, acontece o sorteio das unidades habitacionais da quadra 501.

Setenta e nove famílias conhecerão o endereço de suas casas. O evento acontece às 19h, na Administração Regional de Ceilândia, localizada na QNM 13 – Área Especial – Módulo B (ao lado do Supermercado Extra). Serão investidos em todo o Setor Habitacional Sol Nascente cerca de R$ 220 milhões do Governo Federal/PAC Habitação e do Governo do Distrito Federal. A previsão é de que em um mês seja lançado o pacote de obras na localidade com drenagem e pavimentação. A Caesb já realiza a implantação do sistema de esgotamento sanitário no Trecho I.

O projeto possibilita ainda que seja realizada a urbanização de praças e parques, além da construção de equipamentos comunitários e urbanos na área da saúde, educação, segurança, cultura, esporte, entre outros.

• Veja aqui a relação dos 33 habilitados

Memória – No dia 27 de novembro de 2012, o GDF avançou no processo de regularização do Setor Habitacional Sol Nascente com a entrega de cinquenta e três casas. No dia 14 de agosto, foram entregues as primeiras 16 casas. A antecipação da entrega destas unidades habitacionais foi no intuito de garantir a conclusão da infraestrutura do local. As famílias receberam as chaves e o Termo de Concessão de Uso (TCU), que garante aos moradores a posse legal de seu imóvel. Assim que o processo de regularização do Setor Habitacional Sol Nascente for concluído, o termo será substituído pela escritura. Ao todo, está prevista a construção de 2.150 unidades habitacionais no Setor Habitacional.