Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/03/20 às 9h33 - Atualizado em 9/03/20 às 11h03

Seduh debate ética e responsabilização técnica em seminário do Crea-DF

COMPARTILHAR

Evento, organizado pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do DF, discutiu o tema no contexto do alvará de construção em sete dias

 

Com o objetivo de debater a responsabilização técnica no âmbito do Código de Obras e Edificações e do alvará de construção simplificado, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação participou do evento “Diálogos sobre Ética — Prerrogativas do Engenheiro”, na sede do conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Distrito Federal (Crea-DF).

 

O seminário, organizado pelo Crea-DF, em parceria com o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), ocorreu na quinta-feira (5).

 

A capacitação contínua é fundamental para o acompanhamento da evolução da profissão, segundo o presidente Crea-DF, Pedro Assad. “O número de ART’s (Anotações de Responsabilidade Técnica) dobrou, assim como o de fiscalizações. Precisamos conscientizar os profissionais do que seja ética”, disse.

 

A ética permeia todas as instâncias de atuação dos profissionais, segundo o presidente do Confea, Osmar Barros Júnior. “Nós vivemos um momento muito interessante no nosso País, em que se discute, inclusive, a desregulamentação de nossa profissão. Nada mais oportuno que debater a ética na nossa atuação”, disse.

 

Ao estabelecer a responsabilização técnica na elaboração de projetos arquitetônicos, o Código de Obras e Edificações ressalta a ética dos profissionais. É o que defende o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Mateus Oliveira. “O responsável técnico não pode saber só de projeto, tem também que conhecer as normas. As normas técnicas não têm peso menor que leis e decretos”, defendeu.

 

Esse é o entendimento no qual se baseia a emissão do alvará de construção para casas em sete dias. “É um modelo novo, que já vem sendo praticado em algumas cidades em todo o País”, afirmou Oliveira.

 

Leia também

Seduh apresenta prioridades de 2020 à Ademi-DF

 

Acompanhe a Seduh nas redes sociais
@SeduhDF
@SeduhDF
@SeduhDF
seduhdf.comunicacao@gmail.com