Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/10/20 às 17h04 - Atualizado em 22/10/20 às 17h04

Seduh tira dúvidas sobre o Plano de Ocupação de Quiosques e Trailers

COMPARTILHAR

Reunião com as Regiões Administrativas foi nessa quinta-feira (22)

 

A primeira reunião online com representantes das Regiões Administrativas para tirar dúvidas sobre a metodologia para elaborar o Plano de Ocupação de Quiosques e Trailers (POQT) ocorreu nesta quinta-feira (22) e teve a presença de 76 pessoas.

 

As diretrizes da metodologia foram divulgadas na portaria nº94 da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh). Técnicos da Seduh esclareceram pontos como tamanho, localização e serviços que podem ser oferecidos no comércio de rua.

 

Para o secretário Mateus Oliveira esse tipo de serviço é importante para a economia do Distrito Federal e para a comunidade mas faltava uma regulamentação.

 

“É preciso trazer estes pequenos empreendedores para a regularidade, criar uma consciência de que não é possível ocupar espaços de circulação dos pedestres, e as Administrações Regionais vão ter um papel fundamental nessa mediação” ressaltou. Ele citou como case de sucesso a praça de alimentação criada no Setor Hospitalar Sul após a revitalização do local.

 

Num primeiro momento os administradores têm prazo de 180 dias para mapear e cadastrar, no sistema de georreferenciamento , todos os quiosques e trailers da sua respectiva região. Após essa etapa tem início a análise e formulação do Plano de Ocupação.

 

Não queremos coibir a economia informal mas precisamos ofertar um serviço de qualidade para a cidade como um todo , destacou a Secretária Executiva da Seduh, Giselle Moll.

 

A catalogação unificada no sistema vai tornar mais eficiente o planejamento urbano, além de facilitar o controle e a fiscalização dos quiosques e trailers. O secretário do DF Legal, Cristiano Mangueira, se colocou à disposição dos administradores para tirar dúvidas sobre as unidades já cadastrados no sistema do órgão.

Para o Secretário Executivo das Cidades, Valmir Lemos, a regulamentação vai diminuir conflitos. “ Com a definição de parâmetros claros não há o que se discutir o interessado terá que se adequar às normas.” ressaltou

 

Acompanhe a Seduh nas redes sociais
@SeduhDF
@SeduhDF
@SeduhDF
seduhdf.comunicacao@gmail.com