Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/01/15 às 18h53 - Atualizado em 3/01/19 às 15h28

Segeth apresenta nova estrutura para feirantes

COMPARTILHAR

Feirantes, ambulantes e donos de quiosques conhecem a nova estrutura de atendimento da Secretaria de Gestão do Território

 

 

Nesta quinta-feira (29), representantes das associações de feirantes, quiosques e ambulantes se reuniram com o secretario de Gestão do Território Thiago de Andrade, e com o secretario-adjunto, Luiz Octávio, e o subsecretário de Ordenamento das Cidades, José Falcão, para discutir e os principais desafios que a categoria enfrenta.

Na ocasião foi apresentada a nova estrutura de atendimento a este público. “Dentro da Subsecretaria de Ordenamento das Cidades teremos uma área específica para atender as demandas do microempreendedor de feiras, quiosques e ambulantes. A Diretoria de Cidades e Mobiliário Urbano terá três gerências voltadas para isso, a Gerência de Ambulantes, a Gerência de Feiras e Shoppings-Feiras, e a de Quiosques, Trailers e Bancas de Jornais e Revista”, explicou o Secretario Thiago. Ele ainda disse que objetivo será criar uma instância de escuta e de acolhimento das demandas. “A formação de uma parceria é extremamente importância para que diálogo aconteça.”

Ainda na reunião, temas como a questão da regularização, fiscalização foram levantados pelos presidentes das principais entidades do setor. Para Luiz Pereira, o presidente da União dos Proprietários de Trailer, Quiosque e Similares do Distrito Federal, ter o canal aberto é essencial para o diálogo saudável. “Temos muito questionamentos. A nossa preocupação agora é a proliferação de quiosques ilegais, sem consentimento da associação e do Estado. Queremos combater isso”, alertou.

Já a presidente da Associação da Feira da Torre de Televisão, Esmeralda Reis, lembrou que é preciso uma periodicidade na fiscalização. “Queremos apresentar os problemas que nos encontramos em nossas regiões. É preciso que o governo esteja ciente”, lembrou.

A Diretoria de Participação Comunitária

Dentre as ações da nova Secretaria de Gestão do Território e Habitação a criação da Participação Comunitária é uma das prioridades. A área surgiu a partir de uma demanda da sociedade por mais proximidade. A diretoria será responsável por fóruns e fortalecerá as relações entre o governo e os segmentos interessados.