Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/03/15 às 16h27 - Atualizado em 3/01/19 às 16h18

Termina desocupação de área invadida no Sol Nascente

Seis últimas construções irregulares foram removidas

3214.0141 – falar com a ouvidoria da segeth

Feiras do Distrito Federal ficarão mais limpas

Agentes vão orientar sobre acondicionamento de lixo a partir desta quinta-feira em Ceilândia. Próximas etapas terão notificação e multa

Kelly Crosara, da Agência Brasília

4 de março de 2015 – 16:55

Fiscais do governo visitarão todas as feiras do Distrito Federal para avaliar e orientar sobre o correto acondicionamento e descarte de lixo. A ação, que tem como responsável a Agência de Fiscalização do DF (Agefis), contará com o apoio do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) e das administrações regionais. Os trabalhos começam nesta quinta-feira (5) e seguem até domingo (8) em Ceilândia.

De acordo com a superintendente de Atividades de Limpeza Urbana da Agefis, Adriana Moreira Dias Guerreiro, ainda não existe um cronograma das próximas cidades que receberão a visita dos fiscais: “Vamos trabalhar com base nas demandas de cada feira, analisar as que estão em pior situação e organizar um calendário”.

A operação foi dividida em três momentos: na primeira fase, será feito um trabalho de conscientização e orientação dos feirantes. A segunda atitude vai reforçar as orientações transmitidas anteriormente e começar o processo de notificação. A última medida é a de autuação, que pode gerar multa entre R$ 114,13 e R$ 1.140,89.

Os próprios feirantes do DF detectaram a necessidade da ação e pediram ajuda do governo. “A medida vai beneficiar não só os feirantes, mas também os clientes, porque, em um ambiente limpo, temos mais chances de atrair fregueses, além de contribuir com o meio ambiente”, ressaltou Maria das Graças, de 68 anos, que há mais de 30 tem uma banca de verduras na Feira Central de Ceilândia.

Segundo o administrador regional dessa cidade, Vilson José de Oliveira, a ideia é que o local seja referência também em limpeza: “Vamos procurar melhorar todo o visual das feiras”.