Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/09/11 às 3h00 - Atualizado em 2/01/19 às 15h22

VILA DNOCS — Micro e pequenos empresários solicitam ampliação do Setor Econômico de Sobradinho

COMPARTILHAR

Com o objetivo de apresentar ao Governo do Distrito Federal um projeto para ampliação do Setor de Expansão Econômica de Sobradinho, a Associação dos Micros e Pequenos Empresários de Sobradinho (AMPES) realizou neste sábado (17/09) um ato público para entrega do projeto ao secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Geraldo Magela.

Estavam presentes: o secretário de Micro e Pequena Empresa e Economia Solidária, Dirsomar Ferreira Chaves; o secretário-adjunto, Eudaldo Alencar; o presidente da AMPES, Nilson Farias; o diretor financeiro da Associação, Arisnaldo dos Santos; o assessor do Senador Cristovam Buarque, Nestor Borba.

Segundo o presidente da AMPES, Nilson Farias, está é uma reinvindicação antiga e que a Administração Regional de Sobradinho acredita na possibilidade de expansão da área para atendimento àqueles que ainda não foram contemplados. Ele aproveitou a oportunidade e agradeceu ao governador a criação da Secretaria de Micro e Pequena Empresa.

“É a quarta vez que venho aqui para tratar deste assunto. O governador nos determinou a análise desta área. Do ponto de vista ambiental, não há nenhuma objeção. Mas temos um estudo de desenvolvimento econômico dentro da Secretaria e assim detectarmos os segmentos e as melhores áreas para cada um”, disse Dirsomar.

Para o secretário Geraldo Magela, o governo precisa apoiar os micro e pequenos empresários, que muitas vezes trabalham para sustento próprio, empregando toda a família. “Sou o autor da fixação do DNOCS. Já entregamos 199 casas aqui e vamos entregar ainda mais de 200 habitações. Portanto, vamos apoiar essa luta”, disse Magela alertando que a Sedhab vai analisar o projeto. “Mas temos problemas urbanísticos e de áreas, por isso preciso dizer que não será fácil. Mas estamos dando o primeiro passo e se for possível, vamos levar o projeto adiante.”

Assessoria de Comunicação Sedhab