Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/07/21 às 19h43 - Atualizado em 16/07/21 às 16h58

Aprovado parcelamento no Recanto das Emas para até 6 mil residências

Conplan votou favorável ao projeto, que beneficiará 19.975 habitantes

 

LEANDRO CIPRIANO

 

O projeto de parcelamento do solo chamado de Polo Logístico e Centro Urbano do Setor Habitacional Parque das Bênçãos, no Recanto das Emas, foi aprovado pelo Conselho de Planejamento Territorial Urbano do Distrito Federal (Conplan) em reunião virtual nesta quinta-feira (8). O projeto da Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap) prevê a construção de até 6.053 unidades residenciais em uma área de 160,54 hectares e 97 lotes, para uma população estimada em 19.975 habitantes.

 

Projeto prevê até 6.053 unidades residenciais

A iniciativa passou no Conplan com 31 votos favoráveis, uma abstenção e nenhum voto contrário. O resultado positivo foi comemorado pela conselheira Ruth Stéfane Costa, relatora do projeto no colegiado e representante da Prefeitura Comunitária dos Moradores da Colônia Agrícola Sucupira (Precomor).

 

Para ela, a aprovação é de extrema importância para a população do DF. “Vão ser mais de 6 mil habitações no Recanto das Emas. Isso é louvável para as famílias que sofrem com o aluguel, sem mencionar a qualidade de vida para elas”, destacou Ruth Stéfane.

 

Presente na votação, o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Mateus Oliveira, destacou que “essa aprovação é muito positiva, porque contribui para suprir a demanda por áreas regularizadas e moradias no Distrito Federal”.

 

SISDIA

 

Durante a reunião virtual, a conselheira e representante da Secretaria de Meio Ambiente do DF, Maria Silvia Rossi, apresentou junto com sua equipe o Sistema Distrital de Informações Ambientais (Sisdia). A plataforma armazena, atualiza e compartilha, de maneira integrada e segura, dados espaciais ambientais de todo o DF.

 

O Sisdia reúne informações ambientais produzidas por diversos órgãos governamentais distritais, auxiliando tecnicamente o planejamento e a gestão do território. Em 2021, passou a ser uma ferramenta pública, cujos dados podem ser acessados por meio de um portal eletrônico próprio, dando mais transparência e visibilidade a todo o seu conteúdo.

 

A plataforma foi elogiada pelos conselheiros do Conplan. “Parabéns pelo empenho em dotar o Estado dos melhores meios possíveis para contribuir com a causa. É um trabalho empreendedor”, disse Dionyzio Klavdianos, presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Distrito Federal (Sinduscon-DF).

 

Para mais informações, acesse o Sisdia no endereço https://sisdia.df.gov.br/home/.

 

Acompanhe a Seduh nas redes sociais
@SeduhDF
@SeduhDF
@SeduhDF
seduhdf.comunicacao@gmail.com