Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/09/21 às 15h29 - Atualizado em 13/09/21 às 9h42

Quadras 507/508 da W3 Sul mais bonitas e acessíveis

 

Ibaneis inaugura obras e anuncia piso em concreto para faixa exclusiva

 

IAN FERRAZ, DA AGÊNCIA BRASÍLIA I EDIÇÃO: CAROLINA JARDON

 

A reforma da W3 Sul segue avançando. Nesta quinta-feira (9), foi entregue mais uma obra, a do conjunto das quadras 507/508. Foram sete meses de trabalho e R$ 2,6 milhões de investimento para transformar a paisagem de parte de uma das avenidas comerciais mais importantes de Brasília. O governador Ibaneis Rocha acompanhou a conclusão dos trabalhos ao lado de secretários e gestores de governo, além de comerciantes e moradores da região.

 

Intervenções na W3 Sul são resultado de um trabalho conjunto de diversos órgãos do GDF

Assim como nas outras quadras já entregues – 509/510 e 511/512 Sul –, foram feitos, na 507 e na 508, serviços de readequação do sistema viário com estacionamentos, reforma total das calçadas com acessibilidade, paisagismo, além de obras complementares de drenagem e sinalização nas vias W2 e W3.

 

“O trabalho de revitalização da W3 está sendo feito dentro dos melhores conceitos de arquitetura do mundo. A Seduh [Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Habitação] se dedicou muito a esse projeto, então nós temos pisos táteis, acessibilidade e o conceito de valorizar o comércio dessa região. Estamos refazendo os estacionamentos, arrumando as calçadas e colocando à disposição da população uma avenida W3 renovada como um todo”, disse o governador Ibaneis Rocha, ao lembrar que a reforma é mais um trabalho em equipe e que envolve várias secretarias e órgãos de governo.

 

Na ocasião, o chefe do Executivo local anunciou mais obras para a avenida. “Na próxima fase, nós vamos lançar a licitação para fazer todas as calçadas no lado das 700 e em novembro temos a expectativa de lançar a revitalização do piso asfáltico aqui, com uma das vias em cimento para os ônibus passarem sem causar prejuízo. E temos o prosseguimento dessas obras, com o Setor Comercial Sul e, para o início do próximo ano, na W3 Norte”, adianta.

 

Iniciado como projeto-piloto em abril de 2019 nas quadras 511/512, o trabalho de reforma da W3 Sul também foi finalizado nas quadras 509/510 e agora nas 507/508. As demais quadras estão com o seguinte andamento: 502/503, 75% dos trabalhos executados; 504/505/506, com 65% concluídos; 513/514, tem 40% do trabalho feito e 515/516 com 22% de execução.

 

“É um passo a passo importante, fizemos um cronograma bem-feito. A 507/508 é uma quadra emblemática, uma região importante de Brasília. Até o final do ano, a W3 Sul estará completamente reformada”, assegura o secretário de Obras, Luciano Carvalho.

 

A reforma das 507/508 é mais uma obra a contar com recursos da Agência de Desenvolvimento (Terracap). “A Terracap, como agência de desenvolvimento que é, está investindo recursos em 11 quadras da W3 nessa revitalização. Com orientação do governador Ibaneis Rocha, nós fomos até além do que era o projeto. Nós iluminamos toda a W3 com lâmpadas de LED, reformamos paradas de ônibus, fizemos calçadas, um monte de coisas além do projeto justamente por acreditar nessa revitalização. E você já vê restaurantes e supermercados abrindo, como uma aposta para o desenvolvimento dessa região”, pontua o presidente da empresa, Izidio Santos.

 

População elogia

 

O empregado público Alex Galvão mora no Rio de Janeiro e costuma viajar a Brasília a passeio. A avenida W3 é sempre um ponto no roteiro do mergulhador profissional, que percebe a diferença na paisagem.

 

“Foi uma surpresa. A obra está muito boa e melhorou muito para nós que andamos de bicicleta. A qualidade do piso é a principal mudança; antes era muito difícil pedalar aqui. Senti mais segurança para passar por aqui”, constata.

 

Para o comerciante José Ribeiro do Nascimento, a reforma da avenida trouxe pontos positivos na mobilidade. “Cheguei aqui em 1979 e conheço a W3 toda. É a primeira vez que tem uma reforma. As calçadas ficaram ótimas; antes elas eram quebradas, e não tinha onde estacionar o carro direito”, lembra.

 

A reforma

 

Em todas as quadras são executados serviços como a reforma dos estacionamentos, nivelamento das calçadas com piso tátil e rampas, arborização, paisagismo, reforma dos becos entre os blocos, pintura, sinalização horizontal, troca da iluminação e melhoria geral do sistema viário e no fluxo de pedestres, com acessibilidade.

 

O trabalho, que gera cerca de 800 empregos, nunca havia sido feito na W3, desde a sua criação. O serviço que foi projetado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) e destacado pelo titular da pasta, Mateus Oliveira.

 

“Esse governo está integrado em uma das grandes premissas do desenvolvimento urbano, que é a qualificação e requalificação dos espaços urbanos, o que ocorre por meio das vias, das praças, dos equipamentos públicos. A qualidade de vida da população passa por um espaço público onde todos possam transitar, que seja seguro, iluminado e arborizado”, aponta.

 

Equipe da Seduh esteve presente na entrega da obra

Ação conjunta

 

As intervenções na W3 Sul são resultado de um trabalho conjunto de diversos órgãos, como a Secretaria de Obras, a Terracap, a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), as secretarias de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) e de Governo (Segov), a Companhia Energética de Brasília (CEB) e o Departamento de Trânsito do DF (Detran).

 

A reforma da W3 Sul foi dividida em grupos. Tanto os serviços feitos nas 509/510 quanto nas 511/512 foram os primeiros a ser finalizados.

 

Confira, abaixo, o andamento dos demais trabalhos executados nas quadras.

 

502/503 – 75%
504/505/506 – 65%
507/508 – entregue
509/510 – entregue
511/512 – entregue
513/514 – 40%
515/516 – 22%