Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/02/15 às 13h51 - Atualizado em 3/01/19 às 15h28

Secretário apresenta aos servidores a nova estrutura da Segeth

Lema é Gestão do Território como ação de Governo e dever de todos

Na última sexta-feira (30), no Auditório 1 do Museu Nacional, o secretário Thiago de Andrade apresentou aos servidores a nova estrutura da Secretaria de Gestão do Território e Habitação – Segeth e afirmou que a ideia é seguir a horizontalidade entre as áreas, primando pela visão coletiva. “Não podemos perder o norte de que prestamos serviços públicos e estruturantes, para isso tem que haver sempre a valorização dos servidores como uma perspectiva clara e determinante”, afirmou.

Andrade destacou os oito princípios e as oito ações estruturantes que servirão como base para as atividades dos próximos anos. Os princípios são a recuperação da capacidade do Estado de planejar e projetar; a participação popular e transparência; a problematização coletiva e participativa; a reconfiguração da hierarquia e conexões entre entes e setores; o modelo de organograma tridimensional; a estrutura enxuta e eficiente, com valorização dos servidores; a excelência na prestação de serviços públicos; e a elaboração de uma Política Urbana, da qual a política habitacional e de regularização sejam meios e não fins.

“Precisamos iniciar as discussões sobre a Política Urbana. Mais de 50% da população mundial hoje vive nas cidades e elas são a grande agenda do século XXI”, afirmou o secretário.

Já as ações estruturantes passam pela criação do Instituto de Preservação e Planejamento Metropolitano de Brasília – IPPLAM; a reestruturação e implantação definitiva do Sistema de Planejamento – Sisplan; a implantação do Sistema de Informação Territorial Urbana – Siturb; e a aprovação do Zoneamento Ecológico Econômico – ZEE.

O secretário também ressaltou a fundação imediata do Conselho Consultivo de Preservação e Planejamento, com o papel de planejar, programar, projetar e encaminhar políticas de estado para a metrópole. “Esse Conselho é uma tribuna livre com a sociedade organizada. Terá presidência da Segeth e vice-presidência do Instituto de Preservação e Planejamento Metropolitano de Brasília – IPPLAM, com cadeiras permanentes da Casa Civil, Secretaria de Governo, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN, Ministério Público do Distrito Federal e Territórios – MPDFT e Procuradoria Geral do Distrito Federal – PGDF, além de publicação semestral dos resultados das reuniões”, explicou.

Instituto de Preservação e Planejamento Metropolitano de Brasília

Benny Schvarsberg, assessor especial da Segeth, falou sobre o IPPLAM e sua importância. “É fundamental que o Instituto seja criado não somente por decreto, mas como um Projeto de Lei na Câmara Legislativa”, enfatizou. “O Instituto será um indutor de políticas, projetos e ações para a Política Urbana. Nossa cidade está em franco processo de metropolização e a relação precisa ser de uma cultura humana, horizontal e menos burocrática”.

O IPPLAM, segundo Schvarsberg, tem o objetivo de formular políticas públicas e pensar estrategicamente o desenvolvimento territorial do Distrito Federal em seus aspectos econômicos, sociais, culturais, ambientais e urbanos.

“Após o carnaval começaremos um debate público sobre o Instituto. O objetivo é que ele sobreviva a nós e às próximas gestões”, explicou o assessor da Segeth.

CODHAB

O presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal – CODHAB, Gilson Paranhos, também falou sobre as perspectivas da Companhia. “É uma honra estar à frente da CODHAB hoje. Vamos buscar transparência nas ações e lembrar que a Companhia não é uma fábrica de apartamentos e, sim, de cidades, de metrópoles”, ressaltou.

Ao final do evento, todos os servidores fizeram uma foto oficial e demonstraram estar bastante otimistas. “Nos anos todos que trabalho na Secretaria, é a primeira vez que um secretário e sua equipe logo que assume a Pasta se apresenta para os servidores. Ele fez isso logo no início do governo. Estamos esperançosos, pois são pessoas da área e que conhecem o trabalho”, disse, como representante dos servidores, Maria das Graças Medeiros de Oliveira, diretora da Unidade de Planejamento Territorial 5.

Conheça o secretário e os subsecretários:

Secretário de Gestão do Território e Habitação – Thiago de Andrade

Secretário Adjunto de Gestão do Território e Habitação – Luiz Otávio

Subsecretário de Áreas Temáticas – Vicente Neto

Subsecretária de Unidades de Planejamento Territorial – Cláudia Varizo

Subsecretário de Informação, Normatização e Controle – Francisco Antunes

Subsecretário de Ordenamento das Cidades – José de Moraes Falcão

Subsecretário de Administração Geral – Febo Gonçalves

Central de Aprovação de Projetos – Alberto de Faria