Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/09/12 às 19h07 - Atualizado em 3/01/19 às 9h55

NOVA DIREÇÃO — Área econômica do GDF com novos comandantes

COMPARTILHAR

Quatro nomes assumem a direção das pastas que impulsionam diretamente o desenvolvimento econômico do Distrito Federal. São eles: Glauco Rojas, antigo secretário de Trabalho; Cristiano Araújo, que deixa a secretaria de Ciência e Tecnologia e assume a Secretaria de Desenvolvimento Econômico; Adonias dos Reis Santiago passa a representar a Secretaria de Fazenda e bispo Renato comanda agora a Secretaria de Trabalho. Entre as autoridades presentes à solenidade de posse, nesta quarta-feira, 19, no Palácio do Buriti, estava o secretário de Habitação, Geraldo Magela.

“O melhor resultado vem com a união dos esforços”, discursou o secretário Adonias Santiago ao falar sobre a posse dos demais companheiros secretários e a integração com o setor produtivo. Discursando também representando os demais, resumiu a missão dos empossados: “o governo tem a função de prover o bem comum de forma sustentável e nós temos a consciência de que o empresariado tem grande importância neste processo”.

O secretário enfatizou a importância dos impostos para impulsionar a economia e destacou que no Distrito Federal os tributos arrecadados ano passado em sua maioria são provenientes da prestação de serviços e comércio e não a partir da administração pública como de costume.

Durante o seu discurso, o governador Agnelo Queiroz falou da importância de um orçamento equilibrado, capaz de fortalecer a economia do DF. Neste sentido, discorreu sobre as particularidades de cada um dos novos secretários e os desafios que enfrentarão.

Entre os pontos destacados pelo governador estão a defesa do DF em relação à guerra fiscal; incentivo a criação de empregos, em especial para as faixas sociais com menor poder aquisitivo. Neste aspecto, foi citado que o DF atingiu em 2011 o menor índice de desemprego de sua história e que mais de quatro mil cidadãos fizeram parte de cursos de qualificação por meio do Qualificopa.

Um desenvolvimento planejado foi pautado pelo chefe do Executivo como primordial e destacou as iniciativas em curso no GDF e as futuras, como o Polo de Ciência e Tecnologia e a disponibilização de internet Banda Larga para os moradores de Brasília. “Queremos estabilidade para trazer investimentos para a nossa cidade”, frisou o governador, que incluiu a necessidade de estender este olhar para o entorno “não de forma eleitoreira e sim com pragmatismo com a ajuda do Governo Federal”.